• ControlSoft

Soja chega a US$ 10 por bushel em Chicago



Os produtores brasileiros ganharam mais uma oportunidade para negociar a soja estocada. As cotações da oleaginosa, na bolsa de Chicago, superaram a casa dos US$ 10 por bushel, tanto nos contratos com vencimento em agosto de 2017, quanto em setembro de 2017. O contrato deste mês chegou a US$ 9,96 por bushel. O clima nos Estados Unidos segue como o principal fator de elevação dos preços.

Os contratos da soja em grão com entrega em agosto fecharam com alta de 1,54%, a US$ 10,01 por bushel. A posição setembro teve preço de US$ 10,06 por bushel, alta de 1,56%.

Por enquanto, a previsão da meteorologia sobre a elevação das temperaturas e o baixo volume de chuvas para a região do Meio-Oeste dos Estados Unidos, está se mantendo e nem mesmo as poucas chuvas que caíram na região recentemente tem alterado o pessimismo do mercado em relação a isso. “Claro que para o mercado se manter acima de US$ 10 por bushel, o próximo relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos , previsto para semana que vem, precisa manter a expectativa de clima ruim e piora das condições das lavouras”, explica Luiz Fernando Gutierrez, analista da Safras & Mercado, responsável pela elaboração destes dados.

O relatório do USDA a que se refere o analista, sairá no dia 12 e uma possível queda na estimativa de produtividade e produção norte-americana pode trazer ainda mais força para Chicago. Havendo manutenção nos números ou queda pouco relevante, o mercado pode perder parte da força recente. “Após o rompimento dessa linha de US$ 10 por bushel nas posições futuras, Chicago pode ter espaço para uma correção técnica negativa antes de retomar o movimento de alta”, ressalta Gutierrez.

#Soja #Bushel

2 visualizações